Dr. Sandra Gomes Pinto Interview Part 2 / Entrevista com a Dra. Sandra Gomes Pinto Parte 2

This post is written in Portuguese and English. Este post está escrito em Português e em Inglês.

As promised here it is the second part of Dr. Sandra Gomes Pinto Interview. Como prometido aqui a fica a segunda parte da entrevista com a Dra. Sandra Gomes Pinto.

Dr. Sandra Gomes Pinto Interview Part 2

Vera Lagos – What is your academic background and how did you start your career?

Dr. Sandra Gomes Pinto – I graduated in law from the Faculty of Law of Lisbon, did graduations in “Energy Law” and “European Union Law” from the Faculty of Law of Lisbon, in public procurement specifically “Introduction to the New Regime of Public Work Contracts and Analysis and Assessment of the Proposals in Tender Procedures for Public Works: a Legal and Management Perspective” from the Faculty of Law of the Catholic University and attended the 4th Master Course on Energy Law, ICC Advanced Seminar on International Arbitration organized by the University of Florence and ICC, and attended the advanced course of Arbitration organized by the Institute of Chartered Arbitrators and Instituto Universitario de Estudos da Universidad San Pablo, Madrid and still during the law internship I was invited to stay working in the office where I was doing the internship. It was a very interesting and enriching experience, because in the beginning of the 90’s that was an office that was a precursor in some areas, for example, the office was at the time completely computerized which was rare in that decade in Portugal, also the firm had large cases of construction and energy and a preferential relationship was established with the German market and foreign investment, which was also innovative and exceptional at that time. This office was an excellent school because they were clearly lawyers of excellence who had an activity built up in the litigation of large construction and energy companies, as well as in everything involving the German market.

Vera Lagos – How did you develop your career after this beginning?

Dr. Sandra Gomes Pinto –  From the first moment, I had the opportunity to work and have some autonomy in processes that had relevance for the country and that involved foreign lawyers, namely Germans and Americans. Following by very intense litigation activity closely linked to real estate, construction, and energy, as well as foreign clients, mainly Germans, but also American and other nationalities. During this period I also had the opportunity to do a series of post-graduation and courses, fundamentally related to construction, energy, and arbitration. After very intense periods of professional activity, in recent years I have received multiple invitations to speak, in most cases abroad, about litigation and arbitration and also about the real estate and legal aspects related to real estate investment in Portugal, specifically I had opportunity to speak at the following conferences: III International Congress of IBDIC – International Brazilian Institute of Construction; conference of the chamber of the German tax experts (Bundessteuerberaterkammer,several conferences about real estate investment in Portugal, namely organized by Eurojuris and eurofides  and recently I have been invited to lecture in Heidelberg in the facuty of law. I had the opportunity to counsel at an important German project in Portugal and interesting and innovative energy projects.

IMG_3588 (1)

Vera Lagos – Why did you decide to change and create your own business?

Dr. Sandra Gomes Pinto –  I decided to create my own business because I have a project and I believe in a certain way of doing things, especially for the purposes of excellence and transparency regarding clients, but also a lot of flexibility and agility. besides that, we have a wide network of excellent professionals with whom we have been working for over two decades. Therefore, I have brought together a team of people who understand this way of doing things and share these values ​​and believe in this way of acting.

Vera Lagos – Is it true that you have obtained one of the highest compensations in labor law ever seen in Portugal?

Dr. Sandra Gomes Pinto –  In fact, we obtained a very high compensation in accordance with the jurisprudence existing in Portugal since the client ended up receiving an amount of more than 1 million euros. It was a case that had some significant obstacles and some political implications so after 10 years of work it felt very good to achieve this result. At the time that subject was much talked about by the press because the case had public interest and I even gave an interview to SIC ( one of the biggest Portuguese television networks) on this subject.

Vera Lagos –  Within the functions, you perform what do you most enjoy doing?

Dr. Sandra Gomes Pinto – What I do like to do most is to define strategies for the processes/cases and to resolve the professional issues that are posed to me, often with great agility not only because of the experience, but also because of the network of contacts in all the sectors that already we have such intense professional activity with which also includes the use of professionals with whom we have already worked in other European, African and even American jurisdictions.

I also like the contact with people and the contact with cultures and ways of being different from ours.

Vera Lagos – And what least do you like?

Dr. Sandra Gomes Pinto – What I like the least is to lose time with things that are not useful and that do not make sense. For instance, bureaucracy and some formalities are what I do not appreciate.

Vera Lagos – In what areas do you consider that further clarification is needed in the real estate area?

Dr. Sandra Gomes Pinto – There are aspects as simple as looking at the documentation of a property that is quite important before making an investment. There is a document as simple as a promise-contract that must be done with great care and adapted to the will of the people at a given moment and also be done with clear rules regarding the time and manner of fulfillment of such contract. In pathological cases, this document may result in never-ending litigation over time. On the other hand, when there is an acquisition of land or a property to remodel, it is very important to know what tools and urban conditions are subject to it.

Vera Lagos – What would be your best advice for anyone who wants to buy or sell a house?

Dr. Sandra Gomes Pinto – Anyone looking to buy or sell a home should resort to accredited professionals. Things as simple as doing a property appraisal by an independent professional and consulting a lawyer who can check the essential aspects of the acquisition. This is essential.

Vera Lagos –  If you were not a lawyer, would you choose another profession?

Dr. Sandra Gomes Pinto – I would not choose another profession.

Entrevista com a Dra. Sandra Gomes Pinto Parte 2

Vera Lagos – Qual é o seu background académico e como foi o início da sua carreira?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Licenciei-me na Faculdade de Direito de Lisboa, fiz graduações em “Direito da União Europeia” na mesma faculdade. Fiz também “Introdução ao novo regime de contratos públicos de trabalho” e “Análise de propostas de procedimentos de concursos públicos de trabalho” na perspetiva legal e de gestão” na Faculdade de Direito da Universidade Católica. Participei no 4.º Curso Master em Lei da Energia, no “ICC Advanced Seminar on International Arbitration” organizado pela Universidade de Florença e participei no curso de Arbitragem organizado pelo Instituto de Arbitragens e pelo Instituto de Estudos da Universidade de San Pablo, em Madrid, isto ainda durante o meu estágio de direito. Fui então convidada para ficar a trabalhar nesse escritório onde fiz o estágio. Foi uma experiência muito interessante e enriquecedora, sobretudo porque nos anos 90 aquele escritório foi pioneiro em muitas áreas, como por exemplo, estar já completamente computorizado naquela época o que era raro em Portugal. A empresa tinha casos importantes na área da construção e da energia e foi estabelecida uma relação preferencial com os mercados alemães e investimento estrangeiro, o que foi inovador e excecional naquela altura. Foi uma excelente escola porque tinha advogados de excelência que atuavam nas áreas de litígio de grandes empresas de construção e energia, bem como em tudo o que estava relacionado com o mercado alemão.

Vera Lagos – Como desenvolveu a sua carreira a partir daí?

Dra. Sandra Gomes Pinto –  A partir desse primeiro momento tive a oportunidade de trabalhar com alguma autonomia em processos que tiveram alguma relevância para Portugal e que envolviam advogados estrangeiros, nomeadamente alemães e americanos. Seguiu-se um período intenso de litígio relacionado com o mercado imobiliário, energia, bem como com clientes estrangeiros, sobretudo alemães, mas também americanos e de outras nacionalidades. Durante este período tive também a oportunidade de fazer uma série de pós-graduações e cursos relacionados com a construção, energia e arbitragem. Depois de um período de trabalho muito intenso, nos últimos anos tenho recebido múltiplos convites para ser oradora, na maioria dos casos no estrageiro, para falar sobre litígio, arbitragem, imobiliário, aspetos legais sobre o investimento imobiliário em Portugal. Tive a oportunidade de ser oradora em conferências como o III International Congress of IBDIC – International Brazilian Institute of Construction, a conferência da Câmara Alemã de Especialistas de Impostos, entre outras conferências sobre investimento imobiliário em Portugal, nomeadamente organizadas peoa Eurojuris e Eurofides. Mais recentemente foi convidada para dar uma palestra em Heidelberg na Faculdade de Direito. Tive também a oportunidade de ter projetos muito interessantes na área da energia e a oportunidade de ser advogada de projetos de investimento alemão de referência.

IMG_3588 (1).jpg

Vera Lagos – Porque decidiu mudar e começar o seu próprio escritório?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Decidi criar o meu próprio negócio porque acredito numa certa forma de fazer as coisas, especialmente com o propósito da excelência e da transparência relativamente aos clientes, mas também pelos princípios de flexibilidade e agilidade. Tenho agora uma larga rede de excelentes profissionais com os quais trabalho há mais de duas décadas. Consegui juntar uma equipa de pessoas que compreendem este conceito de fazer as coisas e que partilham e acreditam nos mesmos valores e na mesma forma de atuar.

Vera Lagos – É verdade que conseguiu uma das maiores compensações de sempre da lei de trabalho em Portugal?

Dra. Sandra Gomes Pinto –  Sim de facto, conseguimos uma compensação muito elevada de acordo com a jurisprudência existente em Portugal uma vez que o cliente acabou por receber uma quantia superior a 1 milhão de euros. Foi um caso com obstáculos significativos e com implicações políticas por isso ao fim de dez anos de trabalho senti-me muito bem por ter atingido este resultado. Ao mesmo tempo o assunto foi muito falado na imprensa porque o caso foi considerado de interesse público e até me valeu uma entrevista na SIC.

Vera Lagos –  Dentro das suas funções, o que é que gosta mais de fazer?

Dra. Sandra Gomes Pinto – O que mais gosto de fazer é delinear estratégias para os processos/casos e de resolver as questões profissionais com que me deparo com grande agilidade, não só pela experiência, mas também pela rede de contactos em todos os setores que incluí profissionais com quem já trabalhamos noutros países da Europa, África e até na América. Também gosto muito de estar em contacto com pessoas de culturas diferentes que nos mostram uma forma de ser diferente da nossa.

Vera Lagos – O que o é que não gosta tanto de fazer?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Perder tempo com coisas que não são uteis e não fazem sentido. Por exemplo, não aprecio certas burocracias e formalidades.

Vera Lagos – Em que temas considera ser necessário um maior esclarecimento na área imobiliária?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Há aspetos importantes como verificar a documentação de uma propriedade antes de fazer um investimento. Há um documento tão simples quanto o “contrato de promessa compra e venda” que deve ser elaborado com muito cuidado, adaptado aos desejos das pessoas num determinado momento e deve ter regras claras sobre os timings. Em casos patológicos, este documento pode resultar numa história de litígio sem fim. Por outro lado, quando há aquisição de terrenos ou propriedades para remodelação é muito importante saber quais é a legislação urbanística aplicável.

Vera Lagos – O que aconselharia a alguém que quer comprar ou vender uma casa?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Seja para comprar ou vender, deve fazê-lo exclusivamente com profissionais acreditados. Coisas simples como avaliar uma propriedade por um profissional independente ou consultor legal que possa verificar os aspetos essenciais para aquisição é crucial!

Vera Lagos – Se não fosse advogada que outra profissão teria?

Dra. Sandra Gomes Pinto – Eu não escolheria outra profissão!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s