Finally The Story of Sapatos Namorar Portugal / Finalmente A História dos Sapatos Namorar Portugal

This post is written in Portuguese and English. Este post está escrito em Português e em Inglês.

Finally The Story of Sapatos Namorar Portugal!

About 4 years ago, at a US Embassy event in Lisbon, I sat next to Nancy Oliveira. I did not know her, but I noticed her black high boots with an embroidery that reminded me of the Portuguese tradition of the girlfriend/boyfriend scarfs. I started talking to her as I always do when I sit next to strangers. I just can’t help myself!

Nancy started talking about her brand, Namorar Portugal Shoes, about the concept and what it’s like to be an entrepreneur in the north of the country. To my disgrace and to my shoe closet, I fell in love immediately! I love the shoes and I love Nancy! Entrepreneur,  with a degree in Sports, a Master in Sports Management, and specialized in Marketing. A very special lady that I decided to interview to once again show the best of Portugal.

IMG_2640

Here it is:

Vera Lagos – Nancy can you tell us what is Namorarte?

Nancy Oliveira – Namorarte is the result of the amazing context we can find in Portugal right now. In an amazing way, we found a way to take advantage of our wonderful traditions and transform them into innovative products of the highest quality. We produce shoes and accessories that celebrate the beauty of Minho’s traditional embroidery and that value the excellence of handmade shoes in Portugal. In this “making” we have designers, ladies that do the embroidery, shoemakers, clients, friends and us!

VL – And how did it start?

NO – Namorarte started with the line Namorar Portugal Shoes, that celebrates the tradition of the girlfriend/boyfriend scarfs. Now we also have socks and clutches. In the next summer, we will launch a line that celebrates the heart of Viana (do Castelo) and filigrana jewelry.

VL – And when did you launch the brand? 

NO – Namorarte is still being built. It’s like a kid. Getting born is just the first moment in a long life full of emotions, joy and many challenges. The brand is being built based on our essential values of trust, satisfaction and the mission that is now clear for us: Make the shoe a starting point to build a look that is bold, elegant and happy. Our vision is to be the first choice for women that want singular and exclusive shoes, custom as she wishes.

VL – How was your journey since the launch of the brand?

NO – Well, this will be a very long story… I’ve started to work in my area of expertise in sports management and worked with several companies in Vila Nova de Gaia, Lisbon and Vila Verde (in Braga). I had the chance to work in national, regional and local projects with the goal to promote sports practice. It’s a fantastic world! This experience allowed me to get to know very well public management in Portugal. There’s so much to do! I believe that one day I’ll go back to this area…

IMG_2641

VL – How did you transition from a career in sports management to shoes?

NO – In 2009 I was working in Vila Verde already and open a multi-brand shoe store with my mom and my husband. It was supposed to be a second job as my husband and I still had our jobs in sports. Because of the business, we had to learn about shoes and the industry in Portugal. In 2013 working in Vila Verde and being connected to the regional tourism promotion with the project Namorar Portugal of Vila Verde’s city hall we joined Sapatos Namorar Portugal to our shoe store with the collection Flor de Laranjeira, Lilás, and Dália.

VL – And that collection was a success of course…

NO – Well the interest for that collection in our store in Vila Verde (called RSTIVALI) made us look for other selling and promotion spots as fairs, craft, and fashion markets, mainly in 2014 and 2015. During this period we’ve add other models to the collection and created our current sales platforms: the website/store online (www.sapatosnamorarportugal.com) and the facebook page. Also in 2015, we reinforced our bet on the wedding segment and we couldn’t be happier with our brides’ feedback. Customizing shoes for all kind of events is our pride!

VL – What are the biggest challenges you faced as an entrepreneur?

NO – The biggest challenge is making decisions. Doing it is a tough process and has to be based on being well informed. To be well informed about every single topic needed to develop a business we need to work 3 shifts and it’s not enough. As an alternative, you got to have the money to pay someone to do it and sometimes you only have it when the company is mature.

VL – How do you overcome great challenges as an entrepreneur?

NO – You can overcome everything with a sense of humor and a lot of work. You have to persist, search, test, search again and never think of stopping. However, I believe that the love I get from my family, as well as the happiness that we daily built, is what truly guarantees me a good sense of humor (and sometimes bad humor that is also a part of it) and the capacity to work, work, work.

IMG_2642

VL – How do you see the future of your brand?

NO – Our goal is to create new products with the same spirit of celebration of the Portuguese culture icons and solidify our position in the custom segment for brides and events. We aim to lead the bridal segment. We make amazing shoes for unforgettable moments!

VL – What would you say to an entrepreneur starting a new business?

NO – I would say he/she is on the right track. And that the track is hard and can be very much rewarding! And also that he/she could count on me!

VL – Where can we buy your shoes?

NO – We sell online for Portugal and also for the rest f the world, in our store in Vila Verde, RStivali. You can also buy it in Coimbra, at Loja A de Amor, in Oporto, at Porto Signs and we are looking for a partner in Lisbon.

IMG_2644

And this was the interview with Nancy Oliveira from Namorarte, an entrepreneur that I love and has won prizes for Entrepreneurship of Instituto Empresarial do Minho. I’m a huge fan and become even more after taking this pictures. Inspired on the girlfriend/boyfriend scarfs that the girls would handle to future boyfriends with embroidered messages… Nancy innovated a little more…

Now you can embroid a weeding request on a shoe tie along with the engagement ring (second picture). Then you can take it off (third picture) and use it as a normal shoe but with an amazing story to tell your grandkids. I believe that by now I’m only missing this pair of shoes! Oh… And the grom too of course…

Finalmente A História dos Sapatos Namorar Portugal!

Há cerca de 4 anos, num evento da Embaixada dos EUA, sentei-me ao lado da Nancy Oliveira. Não a conhecia mas reparei logo nas suas botas de cano alto, pretas, com um bordado que me fazia lembrar os lenços dos namorados. Meti conversa com ela como de resto faço sempre que me sento ao lado de desconhecidos. É uma coisa superior a mim!

A Nancy começou a falar da sua marca, dos Sapatos Namorar Portugal, do conceito, de como é ser um empreendedora no norte de Portugal. Para minha desgraça e da sapateira lá de casa apaixonei-me logo ali e foi até hoje. Adoro os sapatos e adoro a Nancy! Empresária, empreendedora, licenciada em Educação Física, mestre em Gestão Desportiva, e especilizada em Marketing. Um pessoa muito especial que decidi entrevistar para uma vez mais mostrar o melhor de Portugal.

IMG_2640

Aqui fica:

Vera Lagos – Nancy explica-nos um pouco melhor o que é a Namorarte?

Nancy Oliveira – A Namorarte é o resultado de um contexto fantástico em que nos encontramos em Portugal. Somos um país com tradições maravilhosas que, de forma brilhante conseguimos aproveitar e transformar em produtos inovadores de elevadíssima qualidade. Construímos calçado e acessórios que celebram a beleza dos bordados tradicionais do Minho e que valorizam a excelência do calçado feito à mão em Portugal. Nesta construção participam designers, bordadeiras, sapateiros, clientes, amigos, e nós!

VL – E como tudo começou?

NO – A Namorarte teve início com a linha de Sapatos Namorar Portugal, que celebra os Lenços dos Namorados. Juntaram-se depois as meias e clutchs. Lançaremos este Verão uma linha que celebra o coração de Viana e a filigrana.

VL – E quando lançaste a marca? 

NO – A Namorarte ainda está a construir-se. É como uma criança. Nascer, é só o primeiro momento de uma longa vida cheia de emoções e alegrias e muitos desafios. A marca vai-se construindo com base nos nossos valores essenciais de confiança e satisfação e numa missão que hoje temos clara: Fazer do sapato o ponto de partida para construir um visual arrojado, elegante e feliz. A nossa visão é ser a primeira escolha para as mulheres que querem um sapato singular e exclusivo, personalizado ao seu desejo.

VL – Como foi o teu percurso desde o lançamento da marca até agora?

NO – Bom, isto daria uma longa história… Comecei por trabalhar na minha área de formação, como técnica de gestão desportiva. Com estas funções passei por empresas em Vila Nova de Gaia, Lisboa e depois em Vila Verde (Braga). Tive oportunidade de participar em projetos de âmbino nacional, regional e local, muito direcionados para a promoção da prática desportiva. O desporto é um mundo fantástico! Esta experiência permitiu-me conhecer bem a gestão pública em Portugal. Há muito trabalho a fazer até que na gestão pública estejam (mais) pessoas que realmente entendam o que significa gerir a “coisa pública”. Sinto que talvez volte a este tema mais tarde na minha vida…

IMG_2641

VL – Mas como transitas de uma carreira “desportiva” para os sapatos?

NO – Em 2009, já a trabalhar em Vila Verde, abri uma sapataria multimarcas com a minha mãe e o meu marido. Nasceu para ser uma segunda atividade, dado que ainda estávamos nos nossos empregos no desporto (o meu marido é da mesma área). Este negócio levou-nos a aprender sobre o tema e a indústria dos sapatos em Portugal. Em 2013, o facto de trabalhar em Vila Verde e de estar ligada profissionalmente à promoção turística do território com o projecto Namorar Portugal do Município de Vila Verde, levou-nos a juntar à nossa sapataria os Sapatos Namorar Portugal, com os modelos Flor de Laranjeira, Lilás e Dália.

VL – E esses modelos fizeram sucesso, claro…

NO – O interesse por estes modelos na nossa loja física, em Vila Verde, RSTIVALI, levou-nos a procurar outros pontos de venda e divulgação, como feiras e mercados de artesanato e moda, principalmente em 2014 e 2015. Fomos, durante este período adicionando outros modelos à coleção e criando as nossas atuais plataformas de venda: o site/loja online (www.sapatosnamorarportugal.com) e a página de Facebook. Também desde 2015 reforçamos a nossa aposta no segmento dos casamentos e não podíamos estar mais felizes com a resposta que temos recebido das nossas noivas! A personalização de sapatos para todo o tipo de ocasiões é o nosso orgulho.

VL – Quais são os maiores desafios que encontraste enquanto empresária?

NO – A maior dificuldade é sempre a tomada de decisão. Tomar decisões é um processo árduo e para serem bem tomadas têm que estar bem informadas. Ora, para estares bem informada sobre todos os temas necessários ao desenvolvimento de um negócio tens que trabalhar em 3 turnos seguidos e não chega! Ou em alternativa, ter dinheiro para pagar a quem te assista o que na maioria das vezes apenas é possível numa fase mais adiantada da empresa.

VL – Como se superam os grandes desafios enquanto empreendedora?

NO – Tudo se supera com bom humor e muito trabalho. Há que persistir, procurar, testar, voltar a procurar e nunca pensar em parar. No entanto, estou certa que o amor que recebo da minha família bem como a felicidade que construímos diariamente é verdadeiramente o que garante o bom humor (e às vezes algum mau….que também faz falta) e a capacidade de trabalhar, trabalhar, trabalhar.

IMG_2642

VL – Como vês o futuro da tua marca?

NO – Pretendemos apostar em outros produtos e com o mesmo espírito de celebração dos ícones da cultura portuguesa e solidificar a nossa posição no segmento da personalização para noivas e eventos. Queremos ser líderes no segmento “bridal“. Fazemos sapatos fantásticos para momentos inesquecíveis!

VL – O que dirias a qualquer empreendedora no começo de um novo negócio?

NO – Diria que está no caminho certo! E que o caminho é árduo e pode ser muito compensador. Diria também que pode contar comigo!

VL – Onde podemos comprar os teus sapatos?

NO – Vendemos online para todo o país (e para o mundo) e na nossa loja física em Vila Verde – Rstivali. Há também pontos de venda em Coimbra, na Loja A de Amor, no Porto  na loja Porto Signs e estamos à procura de um parceiro em Lisboa.

IMG_2644

E foi a entrevista com a Nancy Oliveira da Namorarte, uma empreendedora que eu amo de paixão e que já o ganhou um prémio de empreendedorismo do Instituto Empresarial do Minho. Eu sou super fã dos sapatos Namorar Portugal e fiquei ainda mais depois de ver o par das fotos acima. Inspirados nos lenços dos namorados que as raparigas em idade de casar entregavam aos futuros ou pelo menos pretensos namorados com mensagens bordadas… A Nancy criou mais uma inovação…

Agora já pode fazer um pedido de casamento com o pedido bordado no laço do sapato podendo ainda incluir a aliança. Como é amovível depois fica um sapato normal mas com uma história para a vida inteira. Eu cá acho que já só me falta este par de sapatos. E vá… O noivo também…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s